terça-feira, 20 de novembro de 2018

Dividir Para Reinar Pode Ser A Divisa Do BE

Dividir para reinar:
Com o objetivo de assumir a dado passo o controlo do aparelho do Estado, primeiro, e depois do país, para o mudar definitivamente e à força na sua idiossincrasia, na sua estrutura moral e espiritual, nas suas crenças e nas suas tradições, se possível na sua antropologia.
O conflito mobilizado pelo BE (ainda) não é de alta intensidade, apesar de já estar a ser sustentado e organizado numa escala relativamente grande, com o fortíssimo apoio estratégico de uma comunicação social transversalmente dominada (...) e o silêncio e a omissão de intervenção de imensos apaniguados.
Desta “guerra civil” (ainda) não armada que tem vindo a ser activamente agilizada pelo BE desde que existe, já resultaram não poucas vítimas – os inimigos a abater – que são todos os guetizados e marginalizados do sistema dominante de dependentes do aparelho do Estado totalmente ocupado e servido à esquerda.
Miguel Alvim, OBSR

Nevoeiro ...

Mesmo quando o nevoeiro nos embaça a visão, há um caminho ...

VBA  

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Notícias Ao Fim Da Tarde

*Parte da estrada entre Borba e Vila Viçosa, em Évora, abateu. Há suspeita de “4 a 5 vítimas submersas”









Esta É A Frase

Pela primeira vez na vida, vejo a esquerda elogiar um líder do PSD com desvelo. Tanto desvelo, aliás, que qualquer eleitor do partido só pode desconfiar. Quando Rui Rio é protegido por aqueles que não pensam votar nele estamos conversados. Convém também estarmos preparados: o pior resultado do PSD desde 1976 é cada vez mais provável.

João Miguel Tavares, Público

O Pressentimento ...

O pressentimento como campainha, mas com o som abafado. A ansiedade do jogo em um tabuleiro onde faltam peças. A censura esquecida, e uma liberdade ensinada. O espaço para o novo, onde o estranho é a descoberta.

A L-B 

domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias Ao Fim Da Tarde (act.)

*Mais de 400 feridos nos protestos dos “coletes amarelos” no sábado em França





Assim Acontece: Parte Do Eleitorado De Direita Não Se Revê No PSD De Rui Rio

Rui Rio comete um erro enorme: pretende impor uma pureza ideológica que o PSD nunca teve. Não há qualquer problema no PSD ser também social democrata. O problema é o PSD ser apenas social democrata.

João Marques de Almeida, OBSR

Como mostram as sondagens, parte do eleitorado de direita não se revê no PSD de Rui Rio. Além disso, a direita partidária fragmentou-se com a criação da Aliança de Santana Lopes. Não interessa discutir quem é o culpado. O facto é que um antigo líder do PSD fundou um partido novo e isso enfraquece os sociais democratas. Pior do que tudo, toda a gente dá a vitória do PS, em Outubro de 2019, como garantida. A menos de um ano das eleições, a grande dúvida é sobre a capacidade do PS para alcançar a maioria absoluta. Neste contexto desanimador, o desafio para os líderes das direitas será mobilizar o seu eleitorado.

Dupla Delícia ...

O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado.

Mário Quintana 

sábado, 17 de novembro de 2018

Notícias Ao Fim Da Tarde

*Morreu o general Loureiro dos Santos, aos 82 anos





É, Ou Deveria Ser,Tempo De Gritar " Basta"!

Um golo do Alcochetense garante sete segundos de festividades; o já lendário “terrorismo” de Alcochete implica 700 horas de emissões televisivas quase ininterruptas, de longe um terror mais desumano.


Parafraseando os profissionais da indignação, é, ou deveria ser, tempo de gritar “Basta!”. Com a possível ressalva do PS, que se choca com a “festa brava” (...) de facto uma actividade pateta mas que só prejudica touros. Porque é que não se proíbe o futebol, cuja ubiquidade prejudica as pessoas, transformadas em bovinos no processo?
É fácil. Porque sem a sujeição obsessiva à bola toda a gente poderia reparar no resto. E o resto é a anedota de Tancos, os hospitais arruinados, os “media” submissos, as corporações à solta, a censura a céu aberto, as regalias do “banqueiro” Salgado, a impunidade da extrema-esquerda, os juízes sorteados até que o sorteio acerte, os fogos sem fumo ou responsáveis, os invertebrados que fazem da elasticidade uma carreira, o inqualificável dr. Costa, o qualificável prof. Marcelo, o dr. Rio, o dr. Ferro, as carmelitas do Bloco, etc. Realmente, o futebol não é isto. Isto é o país, e é muitíssimo pior.

Alberto Gonçalves, OBSR

Parentesco Da Alma

Mais tarde eu saberia que 
certas experiências se partilham -
Até mesmo sem palavras – 
Só com gente da mesma raça.
O que não significa nem cor... 
Nem formato de olho...
Nem tipo de cabelo...
Mas o indefinível parentesco da alma. 

Lya Luft 

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Notícias Ao Fim Da Tarde

*“Mário, o cativador”, avisa oposição. Mas até parceiros pedem que cumpra o acordado





Esta É A Frase

A geringonça provou que um governo em Portugal pode degradar os serviços públicos sem enfrentar mais do que notícias avulsas. Precisa é de ser de esquerda.

Rui Ramos, OBSR

Uma das coisas mais bizarras deste tempo são os cumprimentos que os parceiros da “geringonça” se dão a si próprios pelo “rigor  e equilíbrio” nas contas do Estado. Como se esse rigor e equilíbrio fossem uma opção. Num país endividado,  totalmente dependente da ajuda europeia, e que estaria em apuros à primeira dúvida sobre as suas contas, não são uma opção: são uma obrigação. Portugal não é a Itália (e ainda está para se saber até pode ir a Itália). O governo minoritário socialista, sustentado pela geringonça, não provou nada em relação a 2001 ou a 2011: simplesmente, já não há condições, como então houve, para fazer défices do mesmo tamanho.

Uma Mentira ...

Uma mentira baralha tudo aquilo em que toca, desequilibra o mundo. É por isso que uma mentira precisa sempre de mentiras novas para se suster. O mundo não lhe dá cobertura. Para alcançar coerência, cada mentira requer a criação apressada de um mundo de mentira que a suporte. É assim que a mentira vai avançando pela verdade adentro, como uma toupeira cega a abrir túneis e câmaras no interior da terra. (...) Uma mentira pode construir edifícios imensos, levantar cidades; uma mentira pode colocar em movimento milhares de pessoas, pode dar propósito a multidões incalculáveis, cada pontinho a ser uma cabeça com história; uma só mentira pode manter em cativeiro gerações inteiras de pessoas.

José Luís Peixoto 

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Notícias Ao Fim Da Tarde

*Brexit. Há mais uma baixa no governo britânico

*Theresa May sob ameaça de moção de censura

*Governo quer empurrar progressões dos professores para a próxima legislatura

*May: “Acredito com todas as fibras do meu ser que estou a fazer o que é certo”

*Bancada do PS dividida por causa da taxa mínima do IVA nas touradas

*PSD quer penalizar especulação imobiliária

*PS contraria ministra da Cultura e propõe redução do IVA das touradas para 6%

*Atrasos na TAP este ano custaram mais 40 milhões de euros do que ano passado

*Mais Voluntariado para assistir na íntegra a esta conversa

*Teodora Cardoso. “Não há verdadeiramente uma anomalia no Orçamento de 2019”

*Sindicato dos Estivadores acusa ministra do Mar de pactuar com ilegalidades nos portos

*Centeno alerta para “euforia despesista” nas mudanças ao OE


Esta É A Frase

«Uma coisa é a ciência, outra é a política. É um problema da política, dos políticos, no sentido em que levam as pessoas a fazer coisas que elas não querem fazer. É política.»

Peter Atkins, DN

A 'Frase' surge como resposta à seguinte questão:

A nossa sociedade nunca dependeu tanto da ciência, nunca foi tão tecnológica e, no entanto, este é um tempo de proliferação de mentiras, de factos alternativos, de populismos. Não é uma contradição ?

(Ler  a entrevista de Peter Atkins ao DN: "Quando a ciência explicar a origem do universo, Deus já não é necessário"
Químico, professor jubilado da Universidade de Oxford, autor de livros de divulgação, o britânico Peter Atkins veio a Lisboa falar de ciência, "a única forma que temos de compreender o mundo"

Põe-me As Mãos Nos Meus Ombros ...


Põe-me as mãos nos ombros... 
Beija-me na fronte... 
Minha vida é escombros, 
A minha alma insonte. 

Eu não sei por quê, 
Meu desde onde venho, 
 ...Sou o ser que vê, 
E vê tudo estranho. 

Põe a tua mão 
Sobre o meu cabelo... 
Tudo é ilusão. 
Sonhar é sabê-lo. 

Fernando Pessoa 

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Notícias Ao Fim Da Tarde

*"O pior de dois mundos". Corbyn ataca acordo de May sobre o brexit



Perguntará O Leitor: Porque É Que 50 Anos Depois Voltamos Ao Grito De Paris ?

A resposta é simples mas aponta para problemas complexos. 
É que agora, tal como então, há entre os jovens um sentimento generalizado de oposição à política.Mais do que não encontrarem o seu lugar no sistema representativo, os jovens creem que ele há muito que os deixou de representar as suas ambições e as suas preocupações.
O pior é que não são apenas os jovens que nutrem este tipo de sentimento, roçando a aversão ao governo representativo. Ele é transversal a todas as faixas etárias e a todos os estratos sociais, em todas as latitudes democráticas do mundo.
Que ninguém se surpreenda, por isso, com os fenómenos de intolerância e radicalismo que brotam do interior da nossa ordem demo-liberal.
O mais paradoxal é que isto acontece no tempo em que o mundo está, supostamente, mais interligado, mais participado e mais informado.
Pode acontecer que a era do conhecimento seja, no fim do dia, a era da ignorância. Tal constatação seria trágica. Todavia, caminhamos para lá chegar.
Precisamos de querer. Querer mudar o nosso bairro. Querer mudar a nossa cidade e o nosso país. E, querendo mesmo muito, querer mudar a Europa.
Porque como dizia Santo Agostinho, “nada está tão em poder da vontade como a própria vontade.”
Voltemos a ser capazes de construir projetos comuns de paz, concórdia e prosperidade. Voltemos a ser capazes de sonhar com a utopia. 
Sejamos realistas. Procuremos o impossível.

Loucura ...

Nos indivíduos, a loucura é algo raro - mas nos grupos, nos partidos, nos povos, nas épocas, é regra.

Friedrich Nietzsche

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Notícias Ao Fim Da Tarde

*Theresa May e UE chegam a acordo sobre Brexit — ministros já foram chamados para discutirem o documento



Esta É A Frase

O Bloco não está mais moderado: está até, na recusa do pluralismo, muito mais radical. Antes, atacava as “políticas de direita”. Agora, ataca a ideia de que possa haver uma “direita”.

Rui Ramos, OBSR

A imprensa portuguesa é muito generosa: só assim se explica que, contra toda a evidência, tivesse dedicado um fim de semana inteiro à procura de “moderação” e “maturidade” no congresso do Bloco de Esquerda, tal como, no Verão, houve quem encontrasse “empreendedorismo” no caso Robles. Como explicar tanta boa vontade?

A Casa Ideal Para Um Escorpião

Estilo De Decoração: Glamour Paixão
O projeto da casa de Escorpião é uma clara extensão de seu caráter. Não é raro ver em casas escorpianas cores energéticas, como vermelho e roxo. Eles não possuem medo de transformar a casa em um grande teatro, com toques góticos e pitadas de glam.
Figuras exóticas, lustres antigos, almofadas de seda e tapetes grossos sempre têm espaço no lar de Escorpião. Podemos encontrar mobiliário em madeira escura, ferro forjado, couro, cobre e metais brilhantes.
O Máximo Para Escorpião
Itens como enormes lustres de cristal, espelhos de corpo inteiro e elegantes poltronas de couro ou veludo irão deliciar todos escorpianos. A única coisa que não tem lugar na casa de Escorpião é o tédio!

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Notícias Ao Fim Da Tarde

*Bruno de Carvalho está indiciado por 56 crimes, incluindo terrorismo, sequestro e posse de arma proibida

*Ex-ministro Martins da Cruz encabeça Conselho Político Estratégico do Aliança

*Avião com 149 passageiros aterra de emergência em Faro depois de ser escoltado pela Força Aérea


Esta É A Frase

«O melhor esconderijo é onde ninguém se lembra de procurar: à vista de todos. Enquanto os olhares focarem na direita, poucos verão que o populismo habita sobretudo na esquerda à beira de tomar o poder.»

Alexandre homem Cristo, OBSR

Está em curso, portanto, uma batalha pelo domínio da linguagem, neste caso pela definição de “populismo”. Uma batalha que, como se percebeu na convenção do Bloco de Esquerda deste fim-de-semana, é fundamental para o processo de reabilitação dos bloquistas: a melhor forma de se apresentar como moderado (para chegar ao governo) é acusar os outros de radicalismo (na direita). Afinal, o melhor esconderijo é mesmo onde ninguém se lembra de procurar: à vista de todos. Enquanto os olhares estiverem a ser direccionados para a direita, poucos verão que as manifestações de populismo vêm, sobretudo, de uma esquerda que está à beira de tomar o poder.

Que Vistes Meus Olhos


ALHEIO 

Que vistes meus olhos 
Neste bem, que vistes 
Que vos vejo tristes? 

VOLTAS 

As vossas lembranças 
Não vos dão tormentos, 
Nem levam os ventos 
Vossas esperanças. 
Não sei que mudanças 
Vós de novo vistes, 
Que vos vejo tristes. 
Que dor ou que medos 
Causam vossa dor? 
Lágrimas d'amor 
Descobrem segredos. 
Eu vos via ledos; 
Vós não sei que vistes, 
Que vos vejo tristes. 

Diogo Bernardes, 'Antologia Poética'