segunda-feira, 4 de julho de 2022

As Frases

 Governo sem rumo, sem juízo e sem autoridade - Um líder que perdeu autoridade, uma ministra coordenadora que não existe e um ministro humilhado. Eis um reality show que mostra um Governo com maioria absoluta desnorteado. Em apenas 3 meses (?!?!).     (Luís Rosa, OBSR) 

OE 2021. Reflexo de um Governo sem rumo, sem soluções e sem ambição - Exatamente o contrário do que o país precisa neste momento difícil.   (Joaquim Miranda Sarmento, ECO)

A entrega e discussão do Orçamento do Estado para 2021 (OE 2021) vieram demonstrar, mais uma vez, três aspetos simples que podemos constatar sobre o Governo e os seus parceiros de esquerda:Primeiro, o Governo está sem rumo;
Segundo, só foram capazes, todos eles, de governar em tempos de vacas gordas e, enquanto houve dinheiro, foi fácil vender a ilusão da estabilidade política;
Terceiro, este OE é um conjunto de equívocos e uma proposta cheia de fragilidades técnicas (em linha com o que escrevi aqui há duas semanas).(continuar a ler aqui) 

Aqui Vou Eu, Universo !

 As coisas mudam o tempo todo, logo eu mudei. Quando achamos que estamos confortáveis, o Universo vem e provoca mais uma mudança, ensinando-nos que não há zona de conforto neste mundo. Se continuarmos nos iludindo a respeito da falsa zona de conforto, não sairemos nunca do lugar. E vamos combinar: o Universo é muito grande para não explorarmos suas infinitas possibilidades. Aqui vou eu!

domingo, 3 de julho de 2022

Notícias Ao Fim Da Tarde

A Frase (139)

 Um manicómio em formato de Portugal - A rábula do jovem Pedro terminou com um pedido de desculpas – alegadamente ao dr. Costa, certamente não aos portugueses. É natural. Os portugueses não são de exigências.                (Alberto Gonçalves, OBSR)

Música


Noite perdida,
não te lamento:
embarco a vida

no pensamento,
busco a alvorada
do sonho isento,

puro e sem nada,
- rosa encarnada,
intacta, ao vento.

Noite perdida,
noite encontrada,
morta, vivida,

e ressuscitada...
(Asa da lua
quase parada,

mostra-me a sua
sombra escondida,
que continua

a minha vida
num chão profundo!
- raiz prendida

a um outro mundo.)
Rosa encarnada
do sonho isento,

muda alvorada
que o pensamento
deixa confiada

ao tempo lento...
Minha partida,
minha chegada,

é tudo vento...

Ai da alvorada!
Noite perdida,
noite encontrada...

(Cecília Meireles)



sábado, 2 de julho de 2022

Notícias Ao Fim Da Tarde

A Frase (138)

Só é possível imaginar que o primeiro-ministro aceite conviver com a traição e com um falso beato se ele próprio tem interesse nisso e percebe que tem responsabilidades nesta série desastrada de acontecimentos. A pusilanimidade do primeiro-ministro é tão grave quanto a deslealdade voraz do ministro.           (António Barreto, Público)

Os governantes pareciam ter tudo o que era necessário para vencer. Uma maioria parlamentar obtida com mérito, esforço, a sorte dos deuses e a fraqueza dos adversários. Um Presidente da República desejoso de colaborar. Capacidade para escolher os melhores ministros e outros dirigentes. Uma liberdade de movimentos rara na vida política. Uma coesão partidária pouco frequente, quanto mais não fosse por necessidade. O afastamento definitivo de Sócrates e a reabilitação ou o branqueamento de todos os seus mais íntimos colaboradores. Uma oposição de direita insuficiente, trapalhona e dividida. Uma oposição de esquerda agonizante, sem escrúpulos, ácida e em vias de extinção. Uma sociedade civil fraca, expectante, pronta a colaborar e à espera de receber benefícios. Uma população cansada de dois anos de pandemia e, por isso mesmo, disposta a recomeçar a viver. Prestígio nos círculos europeus e internacionais. Fundos europeus em montantes nunca vistos antes e como nunca mais se voltará a ver. Sinais evidentes de retoma do turismo, sector absolutamente indispensável para a economia nacional. (continuar a ler)

Solidão


Estás todo em ti, mar, e, todavia,
como sem ti estás, que solitário,
que distante, sempre, de ti mesmo!

Aberto em mil feridas, cada instante,
qual minha fronte,
tuas ondas, como os meus pensamentos,
vão e vêm, vão e vêm,
beijando-se, afastando-se,
num eterno conhecer-se,
mar, e desconhecer-se.

És tu e não o sabes,
pulsa-te o coração e não o sente...
Que plenitude de solidão, mar solitário!

(Juan Ramón Jiménez)

sexta-feira, 1 de julho de 2022

Notícias Ao Fim Da Tarde

A Frase (137)

 O Governo dos ministros irrevogáveis - O melhor serviço que Pedro Nuno Santos podia fazer às suas legítimas ambições políticas e ao interesse do Estado que serve era não apenas assumir culpas, mas também extrair daí as devidas consequências. Obviamente, demitindo-se.  (Manuel Carvalho, Público)

É preciso alguma humildade e muita coragem para se desempenhar o papel que o ministro Pedro Nuno Santos desempenhou esta quinta-feira perante todo o país, ao assumir culpas pela “falha relevante” no anúncio de uma solução para o aeroporto de Lisboa. O ministro de voz grossa e firme que em 2011 se “marimbou” para os “banqueiros alemães” reinventou-se, moderou o tom e expiou culpas como Egas Moniz perante o rei de Leão. 

A Rebeldia Como Actividade Nobre


Sendo que a vida humana é dominação organizada, e o princípio da realidade é adaptação a essa mesma dominação - há a rebeldia como actividade nobre.

(Agustina Bessa-Luís) 

quinta-feira, 30 de junho de 2022

Notícias Ao Fim Da Tarde

A Frase (136)

O Governo transformado numa associação de estudantes - Todas as organizações têm falhas, mas anunciar a solução para a maior obra pública em muitas décadas num dia para a travar no dia seguinte é muito mais do que isso: é um sinal de tumulto no seio do Governo entre os seus dois homens politicamente mais fortes.     Manuel Carvalho, Público 

Há mistérios na história do novo aeroporto de Lisboa inalcançáveis pela inteligência comum. Para percebermos o que está em causa é necessário destapar a hipocrisia e a mesquinhez que encobrem as manobras da pequena política. O PS está aflito com os custos da bagunça que se regista nas chegadas internacionais semana após semana. (O nó de um aeroporto que trava o país)

Governo Anda Às Aranhas

 Costa dá passo atrás e revoga despacho sobre aeroporto - O primeiro-ministro reafirmou que quer uma negociação e consenso com a oposição sobre esta matéria.

O primeiro-ministro determinou ao ministro das Infraestruturas e da Habitação a revogação do despacho ontem publicado sobre o Plano de Ampliação da Capacidade Aeroportuária da Região de Lisboa“, informa o gabinete do primeiro-ministro.

“O primeiro-ministro reafirma que a solução tem de ser negociada e consensualizada com a oposição, em particular com o principal partido da oposição e, em circunstância alguma, sem a devida informação prévia ao senhor Presidente da República”, diz o comunicado enviado às redações.

Se Pedro Nuno Santos não se demitir será demitido pelo primeiro-ministro, soube o PÚBLICO ...

A Sabedoria Das Mulheres



A sabedoria das mulheres não é raciocinar, é sentir.

(Immanuel Kant)

quarta-feira, 29 de junho de 2022

Notícias Ao Fim Da Tarde

Temido

 Marta Temido: “Se contratássemos todos os ginecologistas e obstetras do país, continuaríamos com dificuldades”   (via Público)

Há falta sim, mas de planificação, organização e conhecimento, ou seja - competência para o exercício do cargo para o qual a Drª Marta Temido foi investida.

Planear - significa estabelecer objetivos e caminhos de chegar até eles. Ao contrário do que muitos podem pensar, o planeamento não envolve apenas intuição .Um profissional experiente ou intuitivo terá melhor capacidade de interpretar os dados, mas o estudo é sempre o ponto de partida do planeamento.

Organizar - Ou seja, como colocar em prática tudo aquilo que foi planeado? Organizando os recursos disponíveis. Definir de que maneira o projeto será feito e distribuí-lo entre os departamentos e profissionais correspondentes. Aí, entra em jogo a produtividade e eficiência, isto é, fazer o trabalho no menor tempo, competência  e com o menor desperdício possível -

Visão sistémica e um bom conhecimento sobre os processos do setor também são características essenciais.

Temido falhou em quase todos estes procedimentos. E ... Não! Não acreditamos em mais promessas propagadas por esta Srª. Urge tomar previdências - SNS está  completamente desbaratado.

A Frase (135)

O SNS já rebentou, segue-se a Educação - Nas escolas, tenta-se remediar o que se vai mantendo miraculosamente de pé, mas a Educação continuará para lá de remédio possível enquanto a solução passar por meros remendos de ocasião, sem visão, sem plano de fundo, sem estratégia para recuperar um ensino público esgotado e anacrónico.   (Joana Petiz, DN)

A responsabilidade não é dos professores, a quem tantas vezes é apontado o dedo pelas falhas que tentam constantemente contornar e ultrapassar. Mas a degradação que já vinha acontecendo, fruto do desinvestimento de quem julga que ter uma escola pública é um bem imutável, acelerou a fundo. E cavou muito mais fundo o fosso entre os que têm - dinheiro, acesso, suporte, apoio, cultura, estrutura - e os que não têm. 

Gato Que Brincas Na Rua


Gato que brincas na rua
Como se fosse na cama,
Invejo a sorte que é tua
Porque nem sorte se chama.

Bom servo das leis fatais

Que regem pedras e gentes,

Que tens instintos gerais

E sentes só o que sentes.

És feliz porque és assim,

Todo o nada que és é teu.

Eu vejo-me e estou sem mim,

Conheço-me e não sou eu.


(Fernando Pessoa)


terça-feira, 28 de junho de 2022

Notícias Ao Fim Da Tarde

A Frase (134)

Tenho saudades dos políticos que acreditavam nalguma coisa - Qual é, afinal, a opinião única, singular, pessoal, irrepetível do indivíduo e Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa? Em que é que ele acredita, afinal, para além de que os portugueses são os melhores do  mundo?                   ( João Miguel Tavares, Público

Saiba Qual A Origem Do Pástico Que Contamina Os Nossos Oceanos


Todos os anos, cerca de 11 milhões de toneladas de plástico entram no oceano, poluindo os mares e comprometendo a sobrevivência de espécies marinhas e costeiras. Mas de onde vêm estes plásticos?

Plástico enviado para o oceano em 2019

Dados de 2019 mostram que as Filipinas são responsáveis por encaminhar para o mar mais de 356 mil toneladas de plástico, cerca de um terço do total que contamina o oceano. O segundo país mais poluidor é a Índia, com cerca de 127 mil toneladas por ano, seguindo-se a Malásia, com mais de 73 mil toneladas, e a China, com 71 mil toneladas. Portugal é responsável por enviar para o mar 76 toneladas de plástico por ano.

Estes números dramáticos colocam em perigo mais de 800 espécies marinhas e costeiras, que veem os seus habitats poluídos, ficam presas ou ingerem estes plásticos. Segundo a UNESCO, todos os anos, os restos de plásticos são responsáveis pela morte de mais de um milhão de aves marinhas e mais de 100 mil mamíferos. E entre todo o género de plásticos que invadem o mar, 89% continuam a ser plásticos de uso único, como sacos. Se nada for feito, a UNESCO deixa o alerta: mais de metade das espécies marinhas do mundo vão estar em perigo de extinção em 2100.  

(Saiba mais aqui)  

Que O Anoitecer Nos Traga Mais Esperança


Quando o dia escurece e abrirmos as janelas da casa, 
o silêncio da noite parece que invade a nossa alma. 
Olhamos o céu e as estrelas parecem sorrir para nós 
e o que mais desejamos é que esse momento nunca mais termine.
Que a luz que chega agora até nós, traga também a esperança de dias melhores 
e os nossos corações ganhem mais força para nunca deixarem de lutar. 

Tenha uma Boa noite!

segunda-feira, 27 de junho de 2022

Notícias Ao Fim Da Tarde

A Frase (133)

Se o oceano ganhasse eleições… - O oceano é uma ausência política porque Portugal não é exemplo em tudo o que exige visão estratégica, estudo, trabalho sem retorno imediato, tempo e investimento.     (Manuel  Carvalho, Público)

O secretário-geral da ONU pediu este domingo desculpa aos jovens pelo estado em que se encontram os oceanos. O Presidente da República estava ao seu lado e foi ainda mais contundente, instigando-os a “não confiarem nos decisores e lutarem por si contra as alterações climáticas e pelos oceanos”. António Guterres e Marcelo Rebelo de Sousa falavam em geral sobre o estado dos mares, mas é impossível não perceber que as suas palavras se aplicam aos governos de Portugal dos últimos 30 ou 40 anos. Todos encheram os discursos com o mar, nenhum foi capaz de lançar uma política consistente e durável para os proteger e explorar sustentadamente.

Partido (político)


 Eu não voto por rótulos. (...) Eu não quero saber das campanhas eleitorais para nada. Eu quero saber das ideias que as pessoas têm e da maneira como depois as vão defender e praticar.

(Agostinho da Silva)

domingo, 26 de junho de 2022

Notícias Ao Fim Da Tarde

A Frase (132)

Enquanto Costa prepara o seu próximo futuro, as promessas de benesses orçamentais que vai espalhando parecem ser um fato à medida da indicação de Fernando Medina, agora Ministro das Finanças, como seu sucessor. A sucessão de Costa no PS promete ser um romance com todos os condimentos. Costa está lançado pelas estradas da Europa. E em que estado irá ficar Portugal no fim deste passeio?    (ler aqui texto completo)     (Manuel Falcão, JNegócios)  

Entre A Razão E O Desejo


“Eu sei que por algum tempo vou me manter oscilante entre a razão e o desejo. Algumas decisões são tomadas com o coração inquieto e o pensamento tomado por muitas coisas que aconteceram e acontecem, tudo misturado. Sei tambem que o tempo vai ser meu amigo para essas coisas da vida. Com coragem eu sigo, nessa velocidade que não temo, nem mesmo de ousar ser feliz.”

(Fernando Pessoa)

sábado, 25 de junho de 2022

Notícias Ao Fim Da Tarde

A Frase (131) (act.)

O pior inimigo - Sem capacidade política ou intelectual; sem trunfos científicos e tecnológicos; sem poder de atracção cultural ou artística; sem vantagens nem trunfos comerciais, a Rússia usa o que tem, as matérias-primas e a violência.                (António Barreto, Público

A Rússia ameaça a paz europeia e mundial. É um risco mortal para os seus vizinhos. É um perigo para toda a Europa. Reintroduziu a violência e a guerra nas relações internacionais. A Rússia agita o fantasma da guerra nuclear. Feriu a liberdade de comércio. Sem capacidade política ou intelectual; sem trunfos científicos e tecnológicos; sem poder de atracção cultural ou artística; sem vantagens nem trunfos comerciais, a Rússia usa o que tem, as matérias primas e a violência.

A Rússia, o ditador V. Putin, o governo, a classe dirigente e as Forças Armadas são actualmente os piores inimigos da liberdade e da democracia, da Europa e do Ocidente. O governo russo não quer que os exemplos de democracia e de liberdade contagiem o seu povo.

Na Ucrânia, deliberadamente, os Russos destroem cidades, bombardeiam edifícios residenciais e fazem explodir fábricas, escolas e hospitais. Assumidamente maltratam toda a gente, matam, violam, torturam e prendem civis e militares, homens e mulheres, adultos e crianças. Atacam quem se atravesse no seu caminho, quem procuram e quem encontram. Liquidam domésticas, profissionais, estudantes, médicos, professores, enfermeiros, trabalhadores…. Basta existir e estar vivo para ser um candidato a ser assassinado.

É verdade que a crueldade e a violência são constantes na história dos russos dos últimos séculos. Tal como a escravidão e a servidão. Sem falar na espionagem, na denúncia, na delação, no policiamento e na censura. Mesmo sabendo que se trata de uma característica permanente de um Estado, não podemos deixar de ficar impressionados com o grau de violência a que se chegou na Ucrânia.

As principais armas e os principais meios de acção dos Russos são o bombardeamento, o assassinato, o gás, o petróleo e os cereais. Não têm ciência e tecnologia bastantes, não têm engenharia e empresas suficientes, nem oferecem mercado e oportunidades. Restam-lhes as matérias primas e a violência militar. (ler aqui texto completo)